O Grupo de Pesquisa Ribombo, coordenado, pelo professor José Vicente de Freitas, participou da 7ª Semana Nacional de Educação Infantil de Joinville - SC, que ocorreu entre os dias 20 e 24 de agosto. No contexto do evento, o GP esteve envolvido com conferências e o oferecimento de uma oficina temática, bem como lançou documentário sobre o exitoso processo de ressignificação dos espaços do centro de educação infantil daquele município a partir da noção de “espaços educadores sustentáveis”.

 

         Promovido anualmente, o evento tem como finalidade divulgar as experiências do cotidiano da Educação Infantil do município e, na edição 2018, propôs um diálogo a respeito do tema “Infâncias, Espaços e Currículos” por meio de atividades como palestras, oficinas e realização de um fórum regional que envolveu a participação gestores educacionais da Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina.

 

       Entre as atividades promovidas no âmbito da Semana, teve lugar o lançamento do documentário "1, 2, 3 Brincando - Reinventando os Espaços Escolares", gravado durante visita aos mais de 70 Centros de Educação Infantil da cidade, audiovisual produzido pelo Ribombo em parceria com a produtora L32 Filmes e com o Instituto de Comunicação Socioambiental (ISCA). Trata-se do primeiro filme realizado pelo grupo de pesquisa e apresenta, por meio de depoimentos da comunidade escolar, a transformação do olhar sobre o brincar e o cuidar na rede de educação infantil do município de Joinville e retrata como essa mudança de sentido interferiu nos espaços educativos. A estreia aconteceu no dia 21 de agosto, as 19 horas, no Teatro Juarez Machado. Mais de três mil profissionais da rede municipal de educação acompanharam as atividades.

 

        Nos dias dia 21, 22 e 23 o professor José Vicente de Freitas coordenou o painel intitulado “Espaços Educadores Sustentáveis: um Programa de Educação Básica no Município de Joinville”, e ministrou palestra sobre formação dos profissionais da educação pública no contexto da Agenda 2030. Outros espaços de debate também tiveram lugar nos dias 22 e 23 de agosto, em especial a palestra sobre " Infâncias, espaços e currículos".

 

     No Centro de Convenções Alfredo Salfer aconteceram ainda atividades paralelas, como as oficinas de “Educomunicação Socioambiental e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável", oferecida pelos o/as integrantes do grupo de pesquisa, Felipe Nóbrega Ferreira (Doutorando/PPGEA), e o/as produtore/as audiovisuais Luciano Oschelski, Pablo Bech e Rachel Munhoz, que também é pesquisadora do Ribombo e mestranda do PPGEA.

 

        Até meados de setembro, o documentário poderá ser acessado por todos que se interessam pelo tema da educação ambiental no contexto da educação infantil e, ainda neste semestre, as narrativas e os registros fotográficos sobre essa experiência será apresentado no formato de livro.

 

       Em poucos dias, estaremos divulgando aqui no site do PPGEA o link para acesso ao documentário.