A Rede Brasileira de Justiça Ambiental na qual o Observatório dos Conflitos do extremo Sul do Brasil e Este do Uruguay faz parte lança nota de apoio ao GEDMMA/UFMA em virtude de ameaças sofridas pelos pesquisadores das empresas e outros atores da região do Maranhão.